Girl&Power e porque o “We Can Do It!” é uma oração para nós.

Como você pode ter percebido – ou já ouviu alguma de nós falar – o nosso blog, O  Girl&Power, é o desejo expandido de falar sobre Mulheres (principalmente as que somos fãs) e a representação delas na Cultura POP. E quem somos? Bem, somos um grupo de mulheres (destruidoras), amigas, amantes de HQ’s, séries, cinema, música, livros, mangás, moda, ativistas, feministas e, acima de tudo, amantes do mundo que vivemos. De pouco a pouco vocês irão nos conhecer melhor…

Certo, qual o motivo do “We Can Do It!”, em tradução livre “Nós Podemos Fazer Isso!”? É bem simples: depois de ver inúmeros exemplos de pessoas dando opinião de algo que nos representa de forma equivocada, a ponto de nós nos ofendermos, achamos que a melhor resposta é dar nossa opinião sobre tudo que quisermos. Assim nasceu o Girl&Power, de uma ideia… Uma vontade de mostrarmos que também temos a capacidade de falar sobre o que queremos para outras mulheres e quem mais quiser ouvir/ver.

Por quê não postamos a foto clássica da campanha “We Can Do It!” (sim, algumas de nós são historiadoras formadas e em formação, então, terá muito post sobre isso também)? Ah, você está falando dessa foto aqui?

1

Fonte: Google

Bom, confesso a minha decepção depois de saber as reais motivações do governo norte americano para criar esta campanha. Antes de falar do cartaz, você sabe quem é Geraldine Hoff Doyle? Ela é a modelo desta campanha. Geraldine, além de modelo era violoncelista, e, com a guerra, foi trabalhar em uma fábrica do Michigan, onde passou por volta de duas semanas no ano de 1943.

índ888ice-horzddd.jpg

Fonte: Pinterest

Neste breve tempo na fábrica, o fotógrafo da United Press International tirou sua foto e tempos depois, J. Howard Miller, a usou em uma campanha para a Westinghouse Electric Corporation. Miller utilizou a foto para encabeçar uma das campanhas de guerra dos EUA para estimular as mulheres a ocuparem o trabalho dos homens nas fábricas, “Nós podemos fazer isso”, claro, trabalhar em casa e na fábrica, não tendo tempo pra nada e sobrevivendo à situações inumanas joinha. Não vamos neste post falar da campanha, faremos isso em breve, mas é preciso destacar o interesse do governo em prolongar a estabilidade econômica do País alcançando as minorias. Qual mulher não iria querer a mesma posição de liderança do marido? Enfim, o cartaz não foi muito divulgado nos anos da guerra e somente nos anos 80 foi apropriado pelo movimento feminista da segunda onda e representado com conceitos de igualdade e empoderamento feminino interseccional.

Você se sente representada por essa cartaz? Sim? Não? A própria Geraldine, em uma entrevista ao “Lansing State Journa”, afirmou se dar conta de ter sido a inspiração da campanha apenas 4 décadas depois. Em tempos onde a representação é a chave para identificação de causas e ativismo, dizer que “Podemos fazer isso” é um grito de independência. Ter alguém para nos inspirar e pessoas para lutar do nosso lado ascendem a chama da esperança que dias melhores virão.
Nós do Girl&Power esperamos que nossos leitores, além de se sentirem representados, nos ajudem a construir um mundo melhor, onde os direitos civis e de gênero sejam respeitados, não pela posição social, e sim pelo respeito e amor ao próximo.

índice-horz777
We-Can-Do-It-Apprentices-630x330777-horz

Fonte: Pinterest e Google

Muito poder pra vocês!
Girl&Power

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s