CINEMA | Fox, me ajuda a te ajudar: O caso do cartaz de X-Men e os extremos da internet.

Este fim de semana fomos bombardeados com notícias (e memes) na internet sobre a peça publicitária da Fox para o Filme X-Men Apocalipse onde a mística, agora super heroína, está sendo estrangulada por Apocalipse, o vilão. Antes de dar nossa opinião, pare e pense, quantas vezes você viu o seu super herói favorito no cartaz de seu filme machucado, ou, em posição desprivilegiada?

A polêmica começou com a declaração da atriz Rose McGovan, em entrevista para THR, acusando a FOX em incitar a violência contra a mulheres no cartaz em questão.

“Há um grande problema quando os homens e as mulheres da 20th Century Fox acreditam que a violência habitual contra a mulher é uma forma de promover um filme. Não existe nenhum contexto nesta propaganda, apenas uma mulher sendo estrangulada. O fato de ninguém ter sinalizado isso é ofensivo e, honestamente, idiota”, afirmou a atriz.

A Fox não demorou para responder a crítica e lançou a nota:

“Em nosso entusiasmo para mostrar a maldade do personagem Apocalipse, não percebemos de imediato a conotação perturbadora desta imagem. Assim que percebemos o quão indelicada ela era, rapidamente tomamos medidas para remover todo o material. Pedimos desculpas pelas nossas ações e nunca apoiaríamos a violência contra as mulheres”, diz  comunicado emitido pela comunicação da empresa.

Após a retirada da imagem, pelo menos 3 tipos de compartilhamentos de opiniões foram vistas na internet, a das pessoas que se sentiram ofendidas, os que entendiam o contexto do filme e achou exagero a retirada da imagem e os criadores de memes, os famosos nerds machistas que não têm o que fazer.

As pessoas que se sentiram ofendidas, viram um caso claro de violência gratuita da imagem junto com sua legenda: “Somente os fortes sobreviverão”. A maioria de nós, do blog, já assistimos o filme e sabemos o que acontece com o Apocalipse. Se fosse pra só os fortes aparecerem em evidência, que colocasse quem o derrota, mas escolheram fazer da Mística, agora heroína, e participante no tripé da liderança junto com Magneto e Xavier, sendo estrangulada de forma gratuita para promover o filme. Sabemos que o Apocalipse é vilão, que ela é a mocinha, e uma coisa a ser deixada clara: não queremos personagens femininas num pedestal, sendo salvas o tempo todo, sem significância pro roteiro do filme só servindo de isca para fazer do personagem masculino, o herói. Daí lembramos da pergunta feita no início do texto, quantos super heróis, em seus cartazes, estão em posição de desempoderamento?
Crianças, mulheres que sofrem por abuso, homens que abusam, irão passar por esse cartaz e ter a certeza de que só os fortes sobrevivem, além da frase, há uma mulher sendo estrangulada. O problema não está para quem é fã, é pra quem for ver fora do contexto. Ora, não fazem duas semanas que estamos discutindo sobre a cultura do estupro enraizada na nossa sociedade, o que deu brecha pra debatermos o quanto a ficção normatiza práticas machistas e misóginas e parece que de uma hora pra outra o debate sobre isonomia não vale por se tratar de Cinema baseado em História de Quadrinhos? A Fox é prestadora de serviços e se a peça ofendeu pessoas e essa mesma gerou reclamações, a Fox, como qualquer outra empresa, precisa rever os conceitos formadores da peça e pensar numa estratégia para ou remover, ou editar, seja lá o que estiver ofendendo.

CjV64osWkAEtilW
Oi, tais onde? Tô aqui de boa tomando uns bons drinks e vendo a Mística ser estrangulada.

A maioria das pessoas que não acharam nada no cartaz, são fãs da saga ou entendem a imagem dentro de um contexto, por já saberem do que se trata, por já ter ouvido algumas opiniões sobre ou simplesmente, acharem que foi exagero das pessoas ofendidas pois se trata de um vilão, e vilão fazem coisas más e tudo o mais. A estas pessoas o comentário de achar exagerado as reclamações e o fato da Fox ter retirado a peça, significa ter cedido o extremo e, talvez, não seria necessário chegar a tal ponto. Bom, toda imagem fora de contexto é perigoso, qualquer uma. Seja de super herói, de uma festa nossa de final de semana, do professor piscando na sala e parecer que ele está dormindo. O problema é exatamente esse, o contexto, pois peças publicitárias existem para atrair pessoas que não conhecem do assunto entusiasmarem-se e querer conhecê-las. Como disse, a Fox é prestadora de serviço e se teve reclamação, reconheceu o erro e pode consertá-lo, why not? Essas pessoas para serem atraídas irão ver que tem um mutante mais forte que o outro, até aí, claro, ninguém vai comparar o poder dos mutantes em questão, mas eles não sabem que a mutante estrangulada em questão é uma das líderes do grupo, a que representa heroísmo para outros personagens e é símbolo de representatividade para as garotas que assistem os filmes, e ela está na peça, justamente por isso tudo. Fora do contexto eles simplesmente irão ver a mulher sendo aterrorizada por um homem, e sim, já tivemos acesso a casos que crianças perguntam a seus pais por que o homem está batendo naquela mulher. Sabemos que a mística antes era uma das vilãs junto com Magneto em filmes passados e por conta da intérprete atual ser uma das novas queridinhas de Hollywood, a Jennifer Lawrence, seu papel foi trazido para um lado mais atrativo para o público, o dos heróis de fato. Tanto a frase quanto a cena aparecem no segundo trailer do filme e dentro de um contexto, fazem total sentido, só assiste o trailer quem quer ver o filme e ou entende a história ou passou a entender. Infelizmente, com as proporções extremas dos garotinhos que não gostaram da retirada, as pessoas que não acharam nada demais se parecem entender que houve exagero da recepção das reclamações e retirada, e a internet demonstrou isso, colaborando para misoginia e misandria pura. Mais uma vez, não queremos mulheres em um pedestais, mas fica aqui a pergunta, por que não a cena de Xavier (que durou muito tempo no filme)? A continuação do parágrafo é um spoiler, selecione o texto que ele aparecerá. Foi o embate esperado no roteiro do filme, este sim, Apocalipse fica na forma gigante e causa muito mais danos a Xavier pois lutam dentro de seu palácio de ideias, e se não fosse Jean, ele tinha se lascado bonito.

532154.jpg-c_520_690_x-f_jpg-q_x-xxyxx
Foto do blogueiro novaiorquino EV Grieve que publicou uma foto do cartaz polêmico em uma estação de metrô de Nova York que sofreu uma intervenção. No cartaz, foram colados papéis com a mensagem: “Não está certo jogar essa violência na cara dos meus filhos”. Fonte: Adoro Cinema.

Mas por que só reclamaram deste cartaz?
Porque é neste, oh criatura, que vende de violência gratuita contra a mulher, sem espaço pra revidar, foi visto em várias cidades. Como já disse, vivemos em plena discussão sobre violência contra mulher e o cartaz, de novo, normatiza isso. Olhem este próximo cartaz, percebem como é bom não ter a personagem sem ter a imagem do seu corpo aparecendo muito, ou em posição desprivilegiada? E não pense quem este cartaz não gerou polêmica, pois gerou. Algumas pessoas disseram que Jean Grey está o guiando, pois todos sabem que Ciclope está chegando no Instituto no período do filme, mas também disseram que Jean está se protegendo. Bom, nós achamos que ela está o guiando mesmo, até porque, é Jean BadAss.

cartaz-ciclope
Jean >>>>>>>>>> Ciclope

O papel da mídia foi tendenciosa aqui também, pois várias matérias colocavam “revolta de feministas”, “revolta de atriz” e “polêmica de feminizazzi” e isso ajudou a desencadear o outro ponto de vista: o dos nerds insuportáveis. Por falta de ter o que fazer, essas pessoas criaram memes generalizando todas as mulheres do mundo a fora. Alguns comentários destas criaturas foram exagerados, pois rotulavam de feminazzi mimimi quem reclamou da peça e por causa da reclamação, o filme da Mulher Maravilha não iria ter pancadaria, Esquadrão Suicida seria uma merda porque iriam criticar a relação da Harley com o Coringa e tudo mais. Bom, essas pessoas também não levam em consideração uma coisa importante chamada representatividade e outra não menos importante: a gente sabe tanto quanto vocês sobre cinema e hq. Para aumentar a misandria, muitas mulheres xingavam as outras e para cada uma mulher que defendia sua opinião em defesa da retirada do cartaz, outras 25 pessoas, mulheres e homens, chegavam pra despejar ódio. Até quando gente? E eu não estou levando em consideração a quantidade de comentários desse tipo, era 90% de todos os posts do final de semana.

Trazer à tona pontos que antes eram esquecidos na hora de produzir o marketing do filme é importante para o mercado e nós consumidores. Leitorxs de quadrinhos, cinéfilos, fãs da saga e defensores da representatividade, sendo você, a favor da retirada ou não, não acha que o debate é interessante? Deslegitimar a opinião de alguém dizendo “é exagero” ou “não tem nada demais” não contribui em nada na discussão sobre representação, igualdade, e uma arte acessível para todos, além de não levar em consideração a forma com que a pessoa ofendida sentiu-se ao olhar o cartaz, que sim, violenta a mulher para vender-se. O cartaz e a discussão é sim sobre representação e esta muda de acordo com as pessoas. Se você está disposto a debater sobre tais pontos, eu não sei, mas há uma legião que debate, e sendo você a favor de seus argumentos ou não, sentirá a mudança, que já está acontecendo.

Bom, acho que já ficou claro qual a nossa opinião sobre o cartaz. A escolha da imagem foi infeliz , gerando problemas que consequentemente dividiu a internet, mas também pode ser visto como outro erro na saga X-Men no cinema em diminuir uma personagem em potencial em favor de outro. O debate levantado foi, continua e será válido durante muito tempo. O modo como personagens femininas são vistas em nossa cultura está longe do ideal e só discutindo de forma saudável (o que não aconteceu neste caso), iremos construir um caminho mais igualitário.

 

O artigo é de total responsabilidade da autora e não representa necessariamente a opinião do veículo.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s