ESPECIAL | Mulher Maravilha: um pequeno histórico

Está chegando o dia! Estamos contando os dias, horas, minutos, segundos (!) pro filme da maior mulher que você respeita, a Mulher Maravilha! Aproveitando o momento, decidimos fazer um post exclusivo sobre a heroína, contando sua criação, sua história e algumas curiosidades.

A revista em quadrinhos foi criada na década de 30 por Maxwell Gaines, fundador da All-American Comics e, em pouco tempo, torna-se uma febre. Gaines, querendo inovar sua gama de personagens, contrata o psicólogo William Moulton Marston para criar um novo personagem, diferente daqueles que já existiam. Um dos desejos do psicólogo para o novo personagem era a ligação com a paz e o amor, embora ele ainda não tivesse ideias de como desenvolver tal personagem. A responsável por isso foi Elizabeth Marston, aquela que acendeu a fagulha que levou a criação da primeira super heroína e da Mulher Maravilha como a conhecemos. A vida de Moulton deve ter o ajudado muito na criação da personagem. Dá uma olhada: ele era casado com duas mulheres e todos moravam na mesma casa, apoiava o movimento sufragista e o feminismo, pois achava que as mulheres deviam ser livres e independentes como quisessem e deveriam continuar os estudos. Elizabeth, por exemplo, possuía três diplomas de nível superior e Olive Byrne, sua outra esposa e também inspiração na criação da Mulher Maravilha, era sobrinha de uma importante figura do feminismo da época, Margaret Sanger. A amazona também tem em suas características físicas elementos que fazem menção à vida do seu criador: Olive usava braceletes – Diana também; o laço da verdade lembra o polígrafo, invenção do psicólogo. É importante lembrar que Moulton valorizava a revista em quadrinhos como um instrumento de educação, já que as crianças as liam mais que seus próprios livros didáticos. Ele chega a publicar um artigo chamado “Não ria dos Quadrinhos”, junto com sua esposa Olive (sob o nome de Richard Byrne), defendendo seu ponto de vista.

H. G. Peter foi escolhido para desenhar a história da heroína e Marston pediu que a personagem fosse inspirada nas pin-ups. A Mulher Maravilha ganha suas próprias revistas em 1942.

Resultado de imagem para mulher maravilha 1942
“Francamente, a Mulher Maravilha é a propaganda psicológica para o novo tipo de mulher que deve, creio eu, governar o mundo”. (William Moulton Marston)

 A Mulher Maravilha “nasce” em Themyscira ou Ilha Paraíso, refúgio das mulheres guerreiras, a partir do barro escupido por Hipólita, rainha das amazonas. Apaixonando-se maternalmente pela figura, a rainha pede que os deuses do Olímpo deem-lhe vida. Seu pedido é atendido e a criatura que nasce ganha poderes de cada um dos deuses: Atena lhe deu a sabedoria; Hermes lhe deu a velocidade; Deméter lhe deu força e poder; Afrodite lhe deu beleza q um coração amoroso; Ártemis e Apolo lhe deram olhos de caçadora, a compreensão das feras e a capacidade de cura; Héstia lhe deu afinidade com o fogo para que os corações se abrissem para ela; Hefesto lhe deu imunidade ao fogo, seus braceletes e o laço da verdade; Poseidon lhe deu destreza no nado; Zeus lhe deu a herança de semi-deusa e a capacidade do voo. Existe uma possibilidade de que Diana Prince, identidade secreta da Mulher Maravilha, seja, na verdade, filha de Zeus.

Quando Diana era adulta, um piloto da força aérea americana, Steve Trevor, colide com seu avião em Themyscira. A rainha Hipólita decreta que a amazona que ganhasse diversas provas, entre elas levar Steve de volta para os Estados Unidos, seria a campeã das amazonas em solo americano. Diana é logo proibida de participar mas, disfarçada, ela ganha o concurso.

“Volte! Todos os homens foram banidos desta ilha pela lei de Afrodite!”

Por enquanto, é só. Nós vamos atualizando o post conforme novas leituras e minha parceira ~~Izabelly~~ vai acrescentar mais algumas coisas, já que ela tem um rascunho desse assunto! Enquanto isso, vocês podem dar uma olhada no blog das Varkirias, lá tem um post especial dos 75 anos da Mulher Maravilha!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s